12 de julho de 2017

A temer



Nascemos e fomos adestrados para sentir medo.
Medo do desconhecido por todos
medo do que já foi vivido por tolos
medo do que virá aos poucos
medo de rejeitar o novo.

Nos ensinaram que devemos ser cautelosos,
mas além da cautela, sermos medrosos.
Medo de amar e ter que sofrer
medo de não amar, mas querer
medo de só sentir prazer
medo de ser a gente mesmo pra viver.

Mas no fundo o que você deve temer
é uma democracia que te faz padecer
é um governo que não vai te acolher
é um futuro que você não vai merecer
é de não ter dignidade nem pra morrer.


Nenhum comentário:

Crua

uma verdade nua e crua quer? eu tenho medo cadê? ela tá aqui dentro ou lá na rua? tantos castelos de mentiras só as plantas cresc...