23 de junho de 2016

Ovários e prevenção




Oi gente.
Cá estou para atualizá-los sobre minha saúde e também orientar quem busca algum tipo de informação pela internet.
Quem acompanha meu blog já sabe, há 5 anos eu descobri um câncer no intestino. Retirei o tumor e fiz 30 sessões de quimioterapia.

Agora, chegou a vez dos ovários, por enquanto o esquerdo.
Quem já teve câncer aprende que, mesmo curado, ele é um eterno fantasma na vida da gente. Temos que monitorar sempre, não só onde o tumor apareceu, mas o corpo inteiro. E é o que venho fazendo desde 2012. 
Eis que num desses exames de rotina eu descubro uma "lesão sólida no ovário esquerdo". 




Minha ginecologista, Dra Andrea de Fátima Castro, me indicou um ONCO GINECOLOGISTA devido ao meu histórico, obviamente. Então Dr João Augusto Fernandes achou mais sensato arrancarmos o ovário e a trompa esquerda para que eu não tenha que passar por tudo aquilo novamente, já que as chances dessa lesão virar mais um tumor são consideráveis. Tanto é que o plano de saúde autorizou o procedimento prontamente. 

Dia 25/06/2016 eu entro no bloco cirúrgico para uma laparoscopia - procedimento minimamente invasivo, a famosa "cirurgia por vídeo". O que fará com que eu volte rapidamente à minha rotina. Mas, caso eu tenha algum tipo de aderência por conta da cirurgia anterior, o procedimento terá que ser pelo modo convencional: cirurgia aberta. Estou na torcida e na oração para que isso não aconteça, pois a recuperação é bem mais lenta e dolorosa.

Lembrando que este ano eu ainda não fiz minhas queridinhas: colonoscopia e endoscopia, mas até dezembro eu resolvo isso.

Bom, eu vou ficando por aqui e depois do dia 25 dou mais notícias pra vocês.

Saúde e sorte pra nós !

A temer

Nascemos e fomos adestrados para sentir medo. Medo do desconhecido por todos medo do que já foi vivido por tolos medo do que virá a...