26 de janeiro de 2016

1º Concurso de Poesias Amigos da Biblioteca (Sumaré/SP)



Começando bem o ano com mais um  poema publicado:



Nenhum comentário:

Diário

fico parada observando o nada, a torneira que pinga achando estranho uma pessoa que tropeça e não xinga mas na verdade eu morro é de dó ...