27 de outubro de 2014

Eleições 2014



Para mim, o que deve ser observado com atenção nessas eleições é o fato de que metade da nação NÃO aprova quem foi eleito. Fosse Dilma ou fosse Aécio, o povo está cansado. A vitória foi extremamente acirrada, como há tempos não acontecia. A maioria das pessoas utilizou o critério do “não tem tu, vai tu mesmo” para votar, inclusive eu. São as características do voto obrigatório né?! Votos sem ideologia, obrigação pura e simples. E a falta de opção coerente ainda contribui.

“Alguma coisa está fora da ordem”.


O paternalismo já não comove, a direita já não convence mais. Não há luz no fim do túnel. Brasil, um país de tolos. Será? Talvez tenhamos apenas virado expectadores, cansados, esperando a cortina fechar e torcendo para que as gerações futuras consigam mudar a direção do espetáculo.

O gigante não acordou, ele teve apenas uma crise de insônia, mas já tomou o seu rivotril e agora está tudo calmo novamente.





Nenhum comentário:

Diário

fico parada observando o nada, a torneira que pinga achando estranho uma pessoa que tropeça e não xinga mas na verdade eu morro é de dó ...