12 de outubro de 2014

Dia das Crianças



Poesia da minha afilhada para mim pelo dia das crianças.
É muito talento, criatividade e fofura não é não?! 



"Também devo desejar
Mas será que vai ouvir?
Será que vai gostar?
Se não posso decidir,
Vale a pena tentar.

Porque é uma criança em um corpo que não é seu
Mas não é sonho que se perdeu
É que ainda não notou que cresceu
Então feliz dia 12 que sempre lhe pertenceu."

Julia Melo
.
.


Nenhum comentário:

A moça do bonde

A moça é daqui, de lá, de longe ela acorda cedo todo dia, pega o bonde ela não quer virar estatística de ONG. A moça é daqui, de l...