27 de outubro de 2014

Eleições 2014



Para mim, o que deve ser observado com atenção nessas eleições é o fato de que metade da nação NÃO aprova quem foi eleito. Fosse Dilma ou fosse Aécio, o povo está cansado. A vitória foi extremamente acirrada, como há tempos não acontecia. A maioria das pessoas utilizou o critério do “não tem tu, vai tu mesmo” para votar, inclusive eu. São as características do voto obrigatório né?! Votos sem ideologia, obrigação pura e simples. E a falta de opção coerente ainda contribui.

“Alguma coisa está fora da ordem”.


O paternalismo já não comove, a direita já não convence mais. Não há luz no fim do túnel. Brasil, um país de tolos. Será? Talvez tenhamos apenas virado expectadores, cansados, esperando a cortina fechar e torcendo para que as gerações futuras consigam mudar a direção do espetáculo.

O gigante não acordou, ele teve apenas uma crise de insônia, mas já tomou o seu rivotril e agora está tudo calmo novamente.





22 de outubro de 2014

Balaio



O mundo está cheio:
De falta de carinho
De pássaro sem ninho
De rosa com espinho
De sair de fininho.

O mundo está cheio:
De telefone que não toca
De solidão que sufoca
De atitude que choca
De fé que provoca.

O mundo está cheio:
De gente vazia
De louça na pia
De café que esfria
De vida com nostalgia.


E de gente que ajuda
De sabor de fruta
De boa conduta
De vontade de ir à luta,
O mundo está vazio?
.
.

12 de outubro de 2014

Dia das Crianças



Poesia da minha afilhada para mim pelo dia das crianças.
É muito talento, criatividade e fofura não é não?! 



"Também devo desejar
Mas será que vai ouvir?
Será que vai gostar?
Se não posso decidir,
Vale a pena tentar.

Porque é uma criança em um corpo que não é seu
Mas não é sonho que se perdeu
É que ainda não notou que cresceu
Então feliz dia 12 que sempre lhe pertenceu."

Julia Melo
.
.


A temer

Nascemos e fomos adestrados para sentir medo. Medo do desconhecido por todos medo do que já foi vivido por tolos medo do que virá a...