28 de dezembro de 2012

Último clichê de 2012: cardápio de fim de ano


Cheguei na casa de Mainha no domingo, dia 23.
Almoço: cozido, que eu adoro (carne, legumes, verduras, pirão, arroz).
Dia 24, a famosa "ceia de natal". Cardápio: aquelas asneiras todas que o capEtalismo, o comércio e o consumismo te fazer querer. A famosa função do marketing: criar o desejo em você!

E quer saber de uma coisa?
Prefiro mil vezes o cozido do que os perus, os tenders, os pernis e afins.

Ano que vem não quero saber desse teatro!
Natal de 2013 quero comer cozido, arrumadinho, tapioca, arroz com feijão e de sobremesa doce de banana com bastante cravo!
Eis o meu melhor almoço de Natal:
.

Nenhum comentário:

A temer

Nascemos e fomos adestrados para sentir medo. Medo do desconhecido por todos medo do que já foi vivido por tolos medo do que virá a...