10 de novembro de 2012

Verão


Chuva incessante
que retarda o tempo 
e faz da espera
uma lâmina cortante.
.

Um comentário:

Sonia Oli disse...

Lindo! Descrição perfeita em poesia!

A temer

Nascemos e fomos adestrados para sentir medo. Medo do desconhecido por todos medo do que já foi vivido por tolos medo do que virá a...