21 de setembro de 2012

Sintomático



E chega...
E palpita e entontece e revigora e alegra e enlouquece e vibra.

E acalma e abranda e amolece e entedia e desanima e aborrece.

E embrutece e esmorece e padece e entristece e envelhece e desmorona.
E vai embora.





5 de setembro de 2012

Minhas palavras fazendo sentido para outras pessoas também...





"ahhh...vc não tem ideia do que ler seu blog me fez...

foi quando tive o diagnóstico...

eu entrei num túnel escuro e suas palavras...as palavras de quem sofreu o que minha mãe sofria me deram um up...vc não tem noção!!

vc realmente me ajudou a enfrentar td isso...um dia tomara a gente possa se conhecer pessoalmente e quero te dar um abraço e te agradecer muito!!!

Vc me ajudou tanto quanto mt gente da minha família...vc é uma alma boa e vc, tecnicamente, me salvou...me salvou de uma ignorância sem tamanho...vc trouxe luz.

Luna foi uma das primeiras palavras que meu filho aprendeu!! Ele ama a lua e como ele mistura espanhol com português, meu marido e uruguaio, ele aprendeu a dizer "luna"

bjs"

Estas palavras são de Nara Bital, de Viçosa e que conheceu meu blog pesquisando no google a palavra ADENOCARCINOMA, que era o tipo de câncer que a mãe dela tinha. O mesmo que eu tive. 
Sua mãe fez a cirurgia, está sendo submetida às sessões de quimioterapia e se recuperando muito bem. 
Preciso falar mais?
Não. Preciso ir conhecê-las.



Diário

fico parada observando o nada, a torneira que pinga achando estranho uma pessoa que tropeça e não xinga mas na verdade eu morro é de dó ...