28 de março de 2012

POR AÍ

Relações voláteis.
Sentimentos retráteis.
Palavras portáteis.
Almas versáteis.

Desapontamento.
Minto e tento.
E não vejo muito alento.

Ou melhor, não vejo
quase nada.
Que quase anda e
quase manda, só
esperando pela demanda...
.
.

Nenhum comentário:

Diário

fico parada observando o nada, a torneira que pinga achando estranho uma pessoa que tropeça e não xinga mas na verdade eu morro é de dó ...