24 de agosto de 2011

12ª sessão

Por conta daquele feriado na segunda-feira, meu dia da semana acabou mudando, pois é preciso um intervalo mínimo entre uma sessão e outra. Fiz minha décima segunda sessão hoje e na próxima semana farei na terça-feira.
No início de setembro minha oncologista - Dra. Maria Nunes, entrará de férias e quem irá me atender será a Dra.Erika. Espero que seja tão boa quanto.

Hoje conheci mais pessoas e suas histórias únicas.

Márcia, mãe do garoto Igor, de 13 anos, da cidade de Frei Inocêncio, que fica na região do Vale do Rio Doce, perto de Governador Valadares. Eles não tem parentes aqui e para minha surpresa recebem total apoio de uma entidade sem fins lucrativos: a Casa de Apoio Aura, onde ficam hospedados. O Igor tem leucemia, que foi diagnosticada a princípio como uma "virose", pois os primeiros sintomas foram febre alta e uma forte dor de cabeça. Graças a Deus foi descoberto no início e o Igor está muito bem. Diferentemente da maioria das crianças do Centro Quimioterápico, ele não aparenta estar em tratamento. Os pais fazem revezamento semanal para ficar com o garoto, pois ele tem mais dois irmãos (gêmeos) de nove anos de idade.
Conheci também Wellington, Paola e mais uma garota que não me recordo o nome. Eles não são parentes e ficaram amigos por conta do tratamento. Os três também com leucemia, assim como o Igor. As meninas usam perucas pois estão completamente carecas, o rapaz não. Com eles não tive a oportunidade de conversar o suficiente para conhecer suas histórias, mas deu para perceber que também são guerreiros.

Fiquei encantada com o trabalho da Casa de Apoio Aura. A Márcia me contou que lá eles são assistidos por psicólogos, nutricionistas, fonoaudiólogos, dentistas, terapeutas ocupacionais, entre outros profissionais. A Casa conta ainda com brinquedoteca, oficina de artes, oficina de leitura, serviço social, etc. Enfim, achei fantástico e admirável o trabalho deles. Totalmente gratuito para as famílias que não residem na capital e possuem crianças e adolescentes em tratamento de câncer.

Hoje tive a sorte da enfermeira Erika fazer minha punção, é a que tem a mão mais "leve" de toda a Santa Casa, rs. A cabeça ainda está doendo mesmo tomando uma "neusa" e estou com um pouco de náusea. Fora isso, tudo 100%.

Sugiro que façam uma visita ao site da Casa de Apoio Aura: http://www.aura.org.br/
Melhor ainda se forem pessoalmente e prestarem algum tipo de voluntariado, é o que pretendo fazer também.
Beijo e boa noite.
.

Nenhum comentário:

Diário

fico parada observando o nada, a torneira que pinga achando estranho uma pessoa que tropeça e não xinga mas na verdade eu morro é de dó ...