31 de agosto de 2011

COMO DESCOBRI TUDO:

Bem, estava eu aqui, pensando com meus botões, nunca postei nada contando realmente como tudo aconteceu e que tipo de câncer eu tive. Já estou quase na metade das sessões de quimioterapia, então está mais do que na hora de deixar isso muito claro.
Vamos lá.


Em meados do ano passado, eu comecei a sentir muito, muito cansaço ao fazer pequenos esforços. Carregar duas sacolas subindo um lance de escada - moro no 2º andar, subir uma pequena ladeira, fazer uma caminhada. Tudo isso me dava uma tremenda falta de ar e uma taquicardia que meu coração quase ia pra boca. A maioria das pessoas dizia: "- isso é falta de atividade física, vai fazer uma academia!". Concordo. Sempre fui um pouco acima do peso e sedentária. Mas dentro de mim eu tinha certeza de que não era só a falta de exercícios que estava me dando aqueles sintomas. A coisa era mais séria.


Em julho de 2010 fui demitida do emprego.
Sempre tive plano de saúde da Santa Casa - que é excelente, então aproveitei que estava à toa e fui procurar um cardiologista, já que o problema parecia ser no coração: batimentos acelerados e falta de ar. Peguei meu livreto de médicos e clínicas e liguei o "olhômetro", marquei uma consulta com DRA. ALINE MAIA. Uma das minhas salvadoras.
Uma médica super nova mas de uma experiência, educação e dedicação incríveis. Na primeira consulta fizemos um eletro e meus batimentos (em repouso) passavam de 100! Então ela me pediu um teste ergométrico e um ecocardiograma. Obviamente, todos deram alterações, pois meus coração batia muito mais acelerado que o normal. Só que o problema cardíaco, a princípio, era só esse: batimentos acelerados.
Dra. Aline começou então a desconfiar de uma anemia e a partir disso me pediu alguns exames de sangue.


Resultados:
hemoglobina 5,8g/dl (o normal é acima de 12/gdl),
plaquetas 546.000m³ (o normal é até 450.000m³),
ferro sérico 9mcg/dl (o normal é entre 40 e 150mcg/dl).
Conclusão: ANEMIA GRAVÍSSIMA.


Por onde eu estaria sangrando? Tomo uma pílula que suspende a menstruação há anos, portanto, não poderia ser por lá. Nas minhas fezes não haviam sangue e muito menos na minha urina. Por onde estou perdendo tanto sangue?
Próximo exame: sangue oculto nas fezes.
Resultado: POSITIVO.
Pronto, ela encontrou o local do sangramento: aparelho digestivo.


Em seguida me pediu para procurar um gastroenterologista e um coloproctologista. Para adiantar o processo ela mesma já me deu um pedido da endoscopia, mas para a colonoscopia eu teria que fazer uma consulta antes. Mais uma vez recorri ao livreto do plano de saúde e escolhi um 'coloprocto' que tivesse horário o mais rápido possível. Marquei, contei minha história e ela me deu o pedido para a colonoscopia, mas só tem um detalhe: detestei a médica!!!
Ok, liguei no Biogastro e marquei os exames.
O preparo para a endoscopia, quem já fez sabe, é apenas um jejum de 8 horas. Já o preparo para a colonoscopia.... Jesus!!! É simplesmente detestável!!! (depois procurem saber).


Fiz a endoscopia, que não deu nenhuma alteração além das já conhecidas gastrite e esofagite de refluxo. Minhas companheiras de longuíssima data.


Alguns dias depois fiz minha primeira colonoscopia, só que meu intestino não estava totalmente "limpo" e tivemos que repetir o exame.
No dia 05 de fevereiro de 2011 fiz o exame novamente, desta vez deu tudo certo. Assim que saí da sedação, o gastroenterologista DR. LUIZ RONALDO ALBERTI me deu a notícia do que ele visualizou: um tumor sangrento no cólon transverso.
UM TAPA NA CARA!!!
Parecia que eu estava recebendo um atestado de óbito pré-datado. Sensação indescritível.


Naquele momento ele ainda não poderia me precisar se era maligno ou não, a única coisa que me garantiu era que eu teria que fazer urgentemente uma cirurgia para retirada daquele "bicho" de dentro de mim. Mais um tapa na cara!


Na mesma hora ele me deu o telefone de um dos melhores cirurgiões do aparelho digestivo de Minas Gerais: DR. ANDY PETROIANU. No dia seguinte marquei uma consulta com ele, que marcou a cirurgia para retirada do tumor no dia 17/02/2011, antes mesmo de sair a biópsia da colonoscopia*.


*Biópsia: fragmentos de ADENOCARCINOMA de padrão colônico moderadamente diferenciado. Leia-se: câncer no cólon transverso.


O plano de saúde autorizou tudo e no dia 17/02 lá estava eu no bloco cirúrgico da Santa Casa de Belo Horizonte nas mãos do Dr.Andy e de Deus. Graças a Ele, o tumor era localizado e estava apenas no cólon transverso do meu intestino. Fiquei cinco dias internada, sem poder beber nem água e muito menos comer. Mas recebi muitas visitas adoráveis...


Depois da alta, Dr. Andy me encaminhou para a oncologista DRA. MARIA NUNES, superintendente da oncologia da Santa Casa. Excelente médica também.


Hoje faço 'quimioterapia adjuvante', que foi prescrita para trinta sessões semanais que irão até janeiro/2012. O tratamento agora é feito pelo SUS, porque para o meu plano de saúde eu já estava CURADA e portanto, não precisaria de sessões de quimio. Mas para minha oncologista e para o meu cirurgião, a minha pouca idade já era motivo mais que suficiente para fazê-las.


Bom, é isso.
O restante, depois da descoberta do câncer e do início da quimioterapia vocês já sabem.

13ª sessão

Oi pessoas.
Ontem além de tomar quimio na veia, tomei "chá de cadeira" no corpo. Meu Deus! Cheguei lá às 9h e fui embora  já eram quase 14h!!! Nossa, que canseira. Aquele lugar está cada dia mais cheio, com mais pacientes. Mas tudo bem, pelo menos moro em BH mesmo e não preciso viajar para chegar em casa.


Conheci a garotinha Letícia e sua mãe. Ela deve ter uns 4 anos de idade e nasceu com um tumor no globo ocular direito. Extraiu o olho inteiro e hoje vive com uma prótese, que tem que ser trocada a medida que Letícia cresce. Felizmente ela não precisará passar pelas desgastantes sessões de quimioterapia. A menina vive super bem, apesar desse "obstáculo". Elas são se Lagoa da Prata e a prefeitura disponibiliza uma van que leva e traz pacientes do Hospital Luxemburgo e da Santa Casa.


Ontem também encontrei com Marksuel, que fez sua penúltima sessão. Se estiver tudo certo com seu sangue, no próximo dia 08 ele fará a última. Sua mãe e sua avó estão loucas para voltarem à Mantena. Rever os outros dois filhos e retomar a vida, que mudou desde outubro do ano passado. Para quem não sabe, quem se submete às sessões de quimioterapia tem que fazer um hemograma antes de cada sessão, para monitoramento dos leucócitos e das plaquetas. Como o hemograma dele está sempre oscilando nos níveis, TALVEZ ele não consiga fazer sua última quimio na próxima semana. Vamos torcer por ele!


Bom, é isso, estou quase na metade dessa rotina cansativa e desgastante, tanto para o organismo quanto para a mente.

24 de agosto de 2011

12ª sessão

Por conta daquele feriado na segunda-feira, meu dia da semana acabou mudando, pois é preciso um intervalo mínimo entre uma sessão e outra. Fiz minha décima segunda sessão hoje e na próxima semana farei na terça-feira.
No início de setembro minha oncologista - Dra. Maria Nunes, entrará de férias e quem irá me atender será a Dra.Erika. Espero que seja tão boa quanto.

Hoje conheci mais pessoas e suas histórias únicas.

Márcia, mãe do garoto Igor, de 13 anos, da cidade de Frei Inocêncio, que fica na região do Vale do Rio Doce, perto de Governador Valadares. Eles não tem parentes aqui e para minha surpresa recebem total apoio de uma entidade sem fins lucrativos: a Casa de Apoio Aura, onde ficam hospedados. O Igor tem leucemia, que foi diagnosticada a princípio como uma "virose", pois os primeiros sintomas foram febre alta e uma forte dor de cabeça. Graças a Deus foi descoberto no início e o Igor está muito bem. Diferentemente da maioria das crianças do Centro Quimioterápico, ele não aparenta estar em tratamento. Os pais fazem revezamento semanal para ficar com o garoto, pois ele tem mais dois irmãos (gêmeos) de nove anos de idade.
Conheci também Wellington, Paola e mais uma garota que não me recordo o nome. Eles não são parentes e ficaram amigos por conta do tratamento. Os três também com leucemia, assim como o Igor. As meninas usam perucas pois estão completamente carecas, o rapaz não. Com eles não tive a oportunidade de conversar o suficiente para conhecer suas histórias, mas deu para perceber que também são guerreiros.

Fiquei encantada com o trabalho da Casa de Apoio Aura. A Márcia me contou que lá eles são assistidos por psicólogos, nutricionistas, fonoaudiólogos, dentistas, terapeutas ocupacionais, entre outros profissionais. A Casa conta ainda com brinquedoteca, oficina de artes, oficina de leitura, serviço social, etc. Enfim, achei fantástico e admirável o trabalho deles. Totalmente gratuito para as famílias que não residem na capital e possuem crianças e adolescentes em tratamento de câncer.

Hoje tive a sorte da enfermeira Erika fazer minha punção, é a que tem a mão mais "leve" de toda a Santa Casa, rs. A cabeça ainda está doendo mesmo tomando uma "neusa" e estou com um pouco de náusea. Fora isso, tudo 100%.

Sugiro que façam uma visita ao site da Casa de Apoio Aura: http://www.aura.org.br/
Melhor ainda se forem pessoalmente e prestarem algum tipo de voluntariado, é o que pretendo fazer também.
Beijo e boa noite.
.

23 de agosto de 2011

Mente sã, corpo são.

Ontem fiz uma aula experimental de yoga na Ananda Marga, aqui no bairro Floresta.
Simplesmente amei! 
Meu corpo está bem dolorido - principalmente as coxas, óbvio, há quantos anos não me exercitava assim?! 
A yoga é uma atividade gostosa que une alongamento, equilíbrio, concentração, meditação e bem estar. Pensem: eu, meditando! Mas é verdade. É muito prazeroso, muito mesmo. Pretendo fazer pelo menos uma vez por semana, inicialmente. Mas vale muito a pena, podem ter certeza.
Foi uma das promessas que fiz quando saí do hospital curada: fazer algum tipo de tratamento alternativo. Pois bem, encontrei.


NAMASKAR* para vocês!




Endereços eletrônicos da Ananda Marga Yoga:
http://www.anandamargabh.blogspot.com/
http://www.anandamargabh.org/










* Esta palavra significa: "eu saúdo a divindade dentro de você, com todo o encanto divino da minha mente e o calor do meu coração". Esta saudação é feita com as palmas das mãos juntas, os polegares tocando o ponto entre as sobrancelhas e em seguida o coração.
.



17 de agosto de 2011

O DISCURSO DO REI e RIO

Esses dias atrás assisti a dois filmes que já há algum tempo queria ver. "Rio" e "O discurso do Rei".
Gostei dos dois, não amei, mas gostei bastante.

A animação - do brasileiro Carlos Saldanha, que retrata nossa cidade maravilhosa é encantadoramente colorida, linda de se ver. Porém, o roteiro deixou um pouco a desejar, a história se desenrola muito rapidamente, enredo curto. Mas como estamos falando de animação, acho que conta mais o jogo atraente de cores e as expressões faciais e corporais dos "atores" do que o roteiro em si. Vale a pena assistir sim. A Marquês de Sapucaí ficou fantástica!

Já "O discurso do Rei" é uma rica história de superação e de amizade. Indicado a 12 estatuetas e vencedor de 4 delas, o longa é realmente muito interessante. Um rei que não tinha o menor jeito pra coisa e ainda por cima era gago. Como assumir um trono dessa forma? As coisas  começam a clarear quando ele procura a ajuda de um especialista em "problemas da fala", mas que na verdade era um ator fracassado. Com técnicas no mínimo estranhas e também falando de igual para igual com a majestade, Lionel consegue grande avanços na oratória do rei. O ápice do filme é quando o Rei George VI tem que discursar sobre a Guerra contra a Alemanha. O texto tinha 3 páginas e a duração de cerca de 9 minutos. Deu pra imaginar né?! Mas ele conseguiu, lindamente, com a ajuda do seu fiel escudeiro Lionel Logue, que de terapeuta da fala passou por psicólogo e terminou como grande amigo.
.
.

11ª sessão

Então gente, como na segunda-feira foi feriado municipal aqui em BH - e em algumas cidades da região metropolitana, minha quimio foi ontem, terça-feira.

Para minha alegria o garoto Marksuel estava lá, para o que seria sua penúltima sessão. Só que infelizmente ele não pode tomar a medicação porque a taxa de leucócitos estava muito baixa, ele ficou triste por ter o fim do tratamento adiado para mais uma semana. Perguntei pra ele sobre o dia dos pais, ele respondeu com a carinha triste que só deu para conversar por telefone com seu pai, que está em Mantena.

Passei da 10ª sessão, agora é só esperar a metade chegar e depois o fim.
Muita calma nessa hora, o psicológico tem que ficar bem para que todo o resto também fique. Ah, já estava esquecendo, hoje tenho consulta com o cirurgião mais foda desse país em aparelho digestivo: Dr.Andy Petroianu, que retirou meu "bichinho" fora.

8 de agosto de 2011

10ª sessão



Enfim, eis que 1/3 do tratamento se completa hoje. Agora só faltam mais 10 e depois mais 10.
Como disse minha médica, Dra.Maria Nunes: "daqui a pouco acaba". Amém!

Tudo já está informatizado no Centro de Quimioterapia da Santa Casa. Senha eletrônica é mato!!! (rss) Achei que seria mais confuso, mas até que não. De qualquer forma eu demorei mais do que o normal para conseguir sair de lá. Sempre acabava tudo bem antes das 12h00, agora desde a semana passada que tá complicado disso acontecer.

Hoje foi sem graça, haviam poucas crianças (falo isso sem maldade), mas é porque elas que me animam. Como eu já disse aqui, a forma como elas encaram a doença é admirável. E também não vi Marksuel, só falta esse menino voltar pra Mantena sem tirarmos uma foto juntos dando uma bela gargalhada. Ai, ai, ai...

Essa é a foto da coitada, hoje foi na mão direita a medicação. Mas como diz a doidinha da Rafa Spatara: "também você tá querendo demais, não ter efeito colateral nenhum? Deixa pelo menos as mãos sofrerem." E é bem por aí mesmo.
Estou engordando como uma leitoa nas vésperas do natal e meu cabelo só está crescendo, ou seja, nem parece que faço quimio, então alguma coisa tinha que acontecer de ruim né gente?!?!? (rss)
Por falar em engordar, pedi a médica hoje pra suspender o corticóide do preparo, pelamordideus!!! Falei com ela: se não tirar esse Decadron daí vai ter que me encaminhar pra cirurgia bariátrica quando terminar o tratamento da quimio!!! Ela riu.


Beijos e até a próxima.




2 de agosto de 2011

9ª sessão


Ontem tomei um chá de cadeira antes de tomar a quimio. Jesus!!!
Eles estão mudando o sistema de atendimento no Centro de Quimioterapia, mas eu acredito que não dará muito certo não.
Agora vai ser tudo por senha eletrônica, pensa bem... Só gente humilde que vai lá, pessoas que muitas vezes não sabem nem se expressar direito, ter que mexer com maquininhas e painéis eletrônicos?! Sei não viu...

Bom, ontem ainda não tinha começado esse novo modo de funcionamento mas algumas coisas já haviam mudado. Conclusão: cheguei lá as 9h e fui embora as 14h!!! Tem base?!?!?! Morreeeendo de fome e sem paciência alguma mais. Sem falar na mão, "regaçada"!
O bom foi que, quase sem querer, encontrei com Mainha na área hospitalar, ela também tinha consulta médica e exame.

Tive um pouco de náusea, dor de cabeça não preciso mais comentar aqui. Mas para a minha sorte, Drika me deu uma caixa de Nausedron, tomei ontem mesmo, mas hoje ainda sinto um pouco.

Não vi Marksuel, infelizmente. Até pensei em levar pra ele um pedaço de bolo de chocolate que havia feito, ainda bem que não levei, ia ficar frustrada, rs.

Hoje tenho consulta com minha ginecologista, levar pra ela o resultado da mamografia e fazer aquela coisa chata (mas necessária) que é o "papa-nicolau".
Vamos que vamos!

Bom, é isso. Beijos e até a 10ª sessão.

PS: estava esquecendo de contar, ontem vi as gêmeas - que não são gêmeas, lembram?! Acho que já terminou o tratamento, ontem elas estavam super lights, de roupinha de clube e carinha boa, rs. Entraram e saíram rapidamente.
Saúde e sorte pra Nataliane!





A temer

Nascemos e fomos adestrados para sentir medo. Medo do desconhecido por todos medo do que já foi vivido por tolos medo do que virá a...