5 de janeiro de 2011

A tristeza por Martha Medeiros


"(...) Uma pessoa triste é evitada. Não cabe no mundo da propaganda, dos cremes dentais, dos pagodes, dos carnavais. Tristeza parece praga, lepra, doença contagiosa, um estacionamento proibido. Ok, tristeza realmente não faz bem pra saúde, mas a instrospecção é um recuo providencial, pois é quando silenciamos que melhor conversamos com nossos botões. E dessa conversa sai luz, lições, sinais e a tristeza acaba saindo também, dando espaço para uma alegria nova e revitalizada. Triste é não sentir nada."



Fragmentos do texto A Alegria Na Tristeza


Nenhum comentário:

A temer

Nascemos e fomos adestrados para sentir medo. Medo do desconhecido por todos medo do que já foi vivido por tolos medo do que virá a...